Exposição virtual sobre Bandas e Fanfarras é realizada pela Fundação Pró-Memória

0
888

Tradicionais e enraizadas entre as atrações culturais do município, as Bandas e Fanfarras são o tema da exposição virtual de junho da Fundação Pró-Memória disponível no site da instituição (www.fpm.org.br).

Desde a promulgação da lei municipal nº 1.422, de 2 de dezembro de 1965, São Caetano do Sul conta com uma banda marcial oficial. A partir de então, esses organismos musicais espalharam-se pelas  escolas municipais, algumas como bandas marciais, outras como fanfarras.

A fanfarra é uma corporação com instrumentos de metais sem o recurso de pistos (válvulas nas cornetas que aumentam as possibilidades sonoras do grupo), chamados de instrumentos simples. Em geral, possui mais instrumentos de percussão e alguns de sopro. A banda marcial contém instrumentos da família dos metais, e utiliza os recursos dos pistos.

Apresentação da fanfarra da Escola Senai de São Caetano do Sul, desfilando na Avenida Goiás, na comemoração de Sete de Setembro de 1980
Crédito: Centro de Documentação Histórica/FPMSCS

Todas as bandas, musicais, marciais e fanfarras, ao se apresentarem, são obrigadas, por lei, a terem o pavilhão cívico, composto pela bandeira nacional, do município, estandartes e guarda de honra.

A Secretaria de Cultura de São Caetano do Sul promove o Programa Bandas e Fanfarras em parceria com a Secretaria de Educação, que tem, entre outras ações, adquirir novos instrumentos para as bandas. A cidade conta com seis bandas marciais, uma banda musical de marcha e 14 fanfarras.

As bandas e fanfarras participam de diversos certames em municípios do Estado de São Paulo, cabendo à Banda Marcial Yolanda Ascêncio, o título de Campeã Estadual de Bandas e Fanfarras, em 2012.