24.5 C
São Paulo, Brasil
quinta-feira, 15 novembro 2018

COLUNA DO ANDRÉ

O que é Linha de Frente?

Pessoal, hoje falaremos um pouco sobre Linha de Frente em geral, com uma breve explicação sobre o assunto, espero que possamos esclarecer um pouco sobre o assunto.
O termo “Linha de Frente” ou “Comissão de Frente” acompanha as Fanfarras e Bandas a muito tempo, conforme regiões, estilos,etc…

É fato que sua origem vem do militarismos, baseado na identificação das tropas de guerras e das guardas reais, trazendo seus brasões, escudos, flâmulas, bandeiras, etc…, Em épocas de guerra as infantarias, os pelotões, etc… eram identificados através das Linhas de Frente, elas também ajudavam no reconhecimento de territórios, no período noturno alguns membros caminhava à frente dos pelotões movimentando seus mastros, bastões, etc… para ajudar na identificação de possíveis imprevistos, estes acessórios eram utilizados, devido o problema de visibilidade, por causa da escuridão e neblina.

E há muito tempo atrás foi introduzidas de um modo artístico nas Fanfarras e Bandas, as Linhas de Frentes, que é o nome dado a um conjunto de setores:

  • Pelotão Nacional ou Pelotão de Honra: é composto de Estandarte da Corporação, Bandeiras de Origem Nacional e Guardas de Honra.
  • Corpo Coreógráfico: é um grupo que vem apresentando sua coreográfia em conjunto mantendo os aspectos marciais.
  • Baliza: ginasta que utiliza movimentos acrobáticos, também é utilizado acessórios de G.R. também se mantem à marcialidade no deslocamento do percusso.
  • Mór: é o Comandante, no momento do deslocamento da Banda.

Bom, agora vocês sabem resumidamente a origem das Linhas de Frentes, nos próximos capitulos deste coluna, teremos a declaração de Coreógrafos do meio, falando um pouco sobre o desenvolvimento de seus trabalhos e em breve também iremos falar sobre Color Guard, que é um estilo bem próximo às Linhas de Frente, que esta ganhando espaço no meio de Fanfarras e Bandas e trazendo novas técnicas ao meio.

Não Percam !!!!

André Garcia Almeida
Iniciou a carreira artística em 1999 como aluno de Dança aos 10 anos na Escola de Bailado Divá Tomé em São Caetano do Sul, em 2004 deu inicio no meio de Bandas e Fanfarras através da banda Musical Patrulheiros Mirins de São Caetano do Sul como músico, na época regida pelo Maestro Emerson Lima de Araújo e o Maestro Gustavo Henrique de Souza, inicio em um curso de Teatro em 2003 até 2007 com o Professor Francisco Jr., que implantou um projeto do Estúdio Globo na Associação dos Patrulheiros Mirins de São Caetano do Sul – Oscar Klein e em 2008 passei a fazer parte do Corpo Coreográfico da Banda Marcial Santa Isabel Sênior sob o comando do coreografo Marcio Araújo e o Renomeado Maestro Eduardo Stella. Minha carreira ao longo desses 14 anos: 2004 -2008 – Integrei a Banda Musical dos Patrulheiros Mirins de São Caetano do Sul como Músico. 2008 -2010 - Integrei o Corpo Coreográfico da Banda Marcial Santa Isabel Sênior. 2008 – 2015 - Integrei o Projeto de Bandas de Fanfarras de S.C.do Sul como coreografo de diversas Bandas. 2011 – 2014 – Em 2011 o diretor Ronald Baumann e o Collor Guard Caption Head Thales Kinderman me convidaram para compor o grupo de STAFF do Brazilian Vanguard Drum & Bugle Corps no qual eu assumi como Membro da equipe de Criação Coreográfica e professor técnico de equipamento e aulas de dança junto ao bailarino João Luis (J.Lui). Instituição de me proporcionou uma ampla visão do mundo de Drum Corps além de me proporcionar Aula Magma com o Adna Sage (Santa Clara Vanguard/Carolina Crow/Boston Cruzaders) e Tj Doucet (Blue Devils)ambos Coreógrafos Internacionais renomeado, ambos estão no Hall da Fama do DCI. 2011 – 2012 – Integrei o Corpo Coreográfico da Banda Marcial Municipal de Ferraz de Vasconcelos. 2014 – 2017 Integrei como Destaque e Coreografo Aux. o Corpo Coreográfico da banda Marcial Yolanda Ascêncio e em 2015 assumi como Comandante Mór da Mesma. Em 2016 em conjunto com o Thales Kinderman e Pedro Gomes ambos Ex membros do corpo de STAFF do Brazilian Vanguard Drum & Bugle Corps, fundamos um dos primeiros projetos de Winter Guard no Brasil a Lottus Winter Guard no qual sou o Diretor Geral. 2017 – Fui jurado de Mór Regente no 1° MOGI FESTCONFABAN. 2017- Fui jurado de Mór Regente na 8° Copa de Fanfarras Mirins de Atibaia. Iniciei a Faculdade de Dança com Licenciatura em Educação Artística em 2014. “Lute com determinação, abrace a vida com paixão, perca com classe e vença com ousadia, porque o mundo pertence a que, se atreve e a vida é muito bela para ser insignificante.” Charles Chaplin.
COLUNAS ANTERIORES

Outras Colunas