Descubra como lidar com o nervosismo numa apresentação

0
410

O nervosismo que antecede uma apresentação é muito similar ao que acontece com palestrantes iniciantes: o medo de falar ou se apresentar em público desperta sentimentos muito similares. São muitos ensaios até chegar o grande dia. A hora da apresentação é o momento em que você vai mostrar todo o seu talento e esforço para o público. Mas como lidar com o nervosismo nessas horas?

Em momentos de ansiedade, o corpo humano responde rapidamente a essa sensação com sintomas físicos. Por isso, a boca começa a secar, a respiração fica ofegante e as mãos podem até ficar geladas e tremer. Quer aprender a lidar com essa situação? Continue a leitura e conheça algumas dicas para se tranquilizar e deixar a insegurança de lado!

Faça exercícios de respiração: Para acalmar o corpo e a mente, fazer exercícios de respiração é uma boa pedida. Ao respirar com calma, o corpo passa a entender que é preciso se tranquilizar e envia mensagens para o cérebro de que ele pode baixar a ansiedade. Tente inspirar contando até 5 e expirar contando até 10. Repita essa respiração de 6 a 7 vezes e perceba que você vai ficar cada vez mais calmo.

Pense nos seus ensaios: Antes do dia da apresentação, você certamente se preparou e ensaiou muito, certo? E a prática é, sem dúvidas, o grande segredo do sucesso. Então, se a insegurança e a ansiedade começarem a aparecer no grande dia, pense em todos os ensaios e na sua dedicação. Resgate a segurança em si mesmo e fique com a consciência tranquila, pois você fez o melhor que pôde para esse momento tão importante. Concentre-se na sua apresentação. Outra dica muito importante é direcionar sua concentração para o que realmente importa, que é a apresentação. Não se preocupe com o público, com o medo de errar ou com o que outras pessoas podem pensar. Use os minutos antecedentes como oportunidade de repassar a coreografia em sua cabeça e concentre-se em dar o seu melhor, sem se preocupar excessivamente ou deixar espaço para a insegurança.

Pense que você é o melhor: Por que não se dar uma injeção de autoestima nesse momento? O nervosismo e a ansiedade andam lado a lado com a insegurança, e se lembrar do quanto você é bom no que faz e de todos os treinos que fez pode trazer a determinação que você precisa! Pense no seu talento, no que você tem de bom e na sua especialidade. Coloque-se como o melhor, tenha certeza de que você é capaz de brilhar e mande o medo embora!

Mantenha uma postura de autoconfiança: Qualquer ser humano está suscetível a cometer erros. Se mesmo seguindo todas as dicas para não ficar nervoso em público você cometer um erro na hora da apresentação, mantenha-se com uma postura autoconfiante, faça aquele “carão” de quem fez exatamente o que era para ter sido feito, e siga a coreografia olhando discretamente para o colega ao lado. Todo profissional, mesmo os mais experientes que até estudaram fora do país, podem cometer erros no dia da apresentação, portanto não se sinta mal por isso — e é bem possível que seu erro seja imperceptível para a público.

Trabalhe sua expressão corporal: Ainda pensando em manter uma postura de autoconfiança, pense que isso deve ser demonstrado tanto na expressão facial (abra um grande sorriso), quanto na expressão corporal, então estique a coluna, levante a cabeça, estufe o peito e siga confiante. Essa é uma grande dica para não ficar nervoso em público e que pode ser aplicada antes e durante a apresentação. Se errar, cair ou esquecer a coreografia, não abaixe a cabeça nem os ombros, siga na sua postura até encontrar o fio da meada e continue.

Não se deixe dominar pela ansiedade: Ansiedade é sofrer por algo que ainda não aconteceu, você ainda nem errou e já está sofrendo com isso! Concentre-se no presente e desfrute cada momento de maneira agradável. Desde a hora de se maquiar, colocar o figurino, arrumar os cabelos, e até aquele friozinho na barriga minutos antes da apresentação podem ser momentos muito prazerosos. Durante a apresentação, curta cada passo, cada instante, e não fique pensando naquele passo superdifícil que está lá no final da coreografia — deixe-o apenas para a hora certa e, claro, lembre-se sempre de respirar.

Domine a coreografia: Foram meses ensaiando, não é mesmo? Treinos de força, equilíbrio, flexibilidade, coordenação e memória para decorar a coreografia/musica toda. Sente que está dominando tudo? Então ótimo, tranquilize-se! Tem algum ponto no qual ainda se sente inseguro? Treine mais aquela parte, faça anotações, filme você mesmo executando os movimentos e depois assista para avaliar onde está ruim e pensar em como pode melhorar. Ficar nervoso quando vai se apresentar ou até falar em público é uma situação normal. Mas, seguindo nossas dicas, você consegue controlar esse sentimento e não deixar que ele tome conte de você. Saber como lidar com o nervosismo é um grande passo em busca da excelência nos palcos!

Se gostou das dicas para não ficar nervoso em público em uma apresentação de dança, que tal fazer um comentário?  Conte como estão suas emoções e seus sentimentos dias antes da apresentação, porque queremos saber!