RETROSPECTIVA 2018 – PARTE 1

0
381

Iniciamos a série de reportagens sobre o ano de 2018, presenciadas e vistas pela equipe do PlanetaBandas.

Os fatos abordados nesta primeira parte vão até o mês de junho de 2018. Nas próximas partes, falaremos do ano de 2018 de julho a setembro e depois, finalizando, a última parte, de outubro a dezembro, com ênfase em grandes eventos, como o Campeonato Nacional CNBF e a Copa do Brasil da FFABESP.


INICIO DE 2018

O início do ano não era de grandes perspectivas para o PlanetaBandas. O mesmo ainda era gerenciado por outras pessoas, onde o foco era montar um canal de vídeos (chamado de PlanetaBandas TV). A idéia parecia não andar, visto que em 2016 e 2017 o PlanetaBandas se manteve totalmente fora do ar, as vezes com alguma inserção nas mídias sociais, às vezes com alguma filmagem de cofaban, mas sempre presente em Caieiras – SP, em seu tradicional evento.

Até que no final de janeiro de 2018, abruptamente, a equipe se desliga para montar um projeto somente de vídeos (que ao longo do tempo se mostrou que não era bem nisso que se baseava a mudança). O PlanetaBandas, em 2 dias, se viu perto do fim. Os fotógrafos abandonaram o site, a equipe se desfez. De todas as pessoas, apenas a Luana e o Montanha seguiram mantendo a ideia original, mas sem apoio ou ajuda, esta ideia esteve muito perto de terminar.

Graças ao gigantesco apoio do Wilson (Casa das Fanfarras), e depois de um telefonema de mais de 4 horas, decidiu-se que o PlanetaBandas teria uma nova cara, um novo site, uma nova concepção, um novo enfoque, novo no formato, mas resgatando as origens de sua criação, em 2005. (antes, o mesmo enfoque era do BandCenter, criado em 1998, mas descontinuado devido a uma intercorrência de uma banda marcial da Grande SP, resolvido só em 2018).

De dias tristes e de aflição, no final de janeiro de 2018 até o primeiro dia de Abril, o PlanetaBandas se transformou.

Foram 3 meses de árduo trabalho diário da Luana, que desenvolveu todo o website do zero. Também das parcerias, apoios e formação de uma nova equipe, engajada, ativa e participativa, que entendeu a tremenda falta de consideração da equipe anterior, e se propôs a alavancar esta nova fase do PlanetaBandas.

 

Todas as mídias sociais foram refeitas. Todas foram adequadas a nova forma de trabalho do PlanetaBandas. Depois de uma certa avaliação, entraram na equipe:

  • Neto Valle – Músico da Banda Lyra de Mauá, técnicos em regência e coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL) é de grande atuação política e funcional para a equipe.
  • Ulisses Hope – Regente da Banda Cívica de Arujá. Ele é especialista em arte gráfica e gerou muito das imagens do site. Escolhido pela postura pró-ativa e foco na exibição de fatos concretos do movimento de bandas e fanfarras.
  • André – Coreógrafo conceituado em SP, formador de opinião e pessoa responsável por gestionar um novo conceito de abordagem da parte coreográfica, balizas e mores.
  • Guilherme Acca – Percussionista da Banda Armando de Arruda Pereira, responsável pela logística e informações da equipe, também atuando como informante de diversos eventos e pessoas ligadas à preparação e informação de eventos que estão por acontecer.

Nesse meio tempo, iniciamos coberturas de eventos como Atibaia, Francisco Morato e eventos ligados à Confederação Nacional de Bandas e Fanfarras, onde estivemos em Recife, na Assembléia geral e eleição da diretoria executiva.

P.S.: Eventos de Atibaia e Francisco Morato não terão cobertura feita pelo PB em 2019, devido a impedimento mandatório do grupo que apoia os mesmos.


MENTIRA? NÃO, VERDADE!!!

1º de Aril é considerado o dia da mentira.

Mas também para nós, um dia especial. Foi em 1º de Abril de 2018 a reestreia do PlanetaBandas.

No nosso endereço eletrônico, https://www.planetabandas.com.br

Site desenvolvido totalmente pela Luana Silva, cordeadora de tecnologia da equipe e número 2 do Grupo PlanetaBandas. Trabalho de meses executado e verificado, seguindo as mais modernas tecnologias de site dinâmico da internet.

O site nos possibilita inserções de diversos artigos, e com isso, praticamente diariamente, o PlanetaBandas é alimentado com informações, ao qual os usuários podem comentar e compartilhar em suas redes sociais.

O site também é otimizado para Smartfones com Android e iOS, oferecendo uma navegação limpa e rápida, com todas as informações dos posts bem divididas.

Neste meio tempo acontecia também uma nova revolução no PlanetaBandas: seu nascimento como empresa.


A EMPRESA PLANETABANDAS

Depois de muitas conversas e reuniões com nossa equipe, criamos a PlanetaBandas Divulgação Marcial – MEI, com o intuito de prover um feedback legal e registrado à clientes que solicitassem nossos serviços.

Foi assim que em 2018, firmamos contratos com 2 entidades de São Paulo: a FFABESP (Federação de Fanfarras e Bandas do Estado de São Paulo) e a OCIFABAN (Associação Paulista de Fanfarras e Bandas). O trabalho proposto e acordado foi da geração de imagens para transmissão ao vivo utilizando redes sociais, mas também depois a incorporação a fotografia e trabalho de website destas entidades.

Com a criação da PlanetaBandas Divulgação Marcial, o PlanetaBandas subia um degrau importante em sua vida: de um simples divulgador de eventos para uma empresa registrada, provedora de informações, divulgação, transmissão, fotografia e filmagem de eventos. Um leque de trabalho se abria e tem uma grande ênfase de crescimento para os próximos anos.


CRESCIMENTO VERTIGINOSO

O portal PlanetaBandas e todo o grupo PlanetaBandas em si (mídias sociais e equipe) tiveram até o final de junho de 2018, um BOOM em termos de visitação, acesso, compartilhamentos, comentários. Também neste período, começamos a desenvolver brindes para a divulgação da nossa nova logomarca, do nome PlanetaBandas e o site, em eventos, cofabans, aparições e visitas dos integrantes da equipe.

Seções novas foram adicionadas em nosso site, gerando grande impacto e visualizações. o PlanetaEntrevista abordou inúmeras personalidades do meio de bandas e fanfarras, com a opção do próprio entrevistado enviar respostas a perguntas feitas por nossa equipe, por áudio. E os colunistas do PlanetaBandas vinculando matérias de grande repercussão, mostrando outros lados do movimento no país.


… continua …