Vamos ajudar a Rafaela

0
309

A Rafaela tem 15 anos e é componente da Linha de Frente da Corporação Musical Rogério Levorin (Francisco Morato-SP). Ela está com leucemia e se encontra internada na Santa Casa de São Paulo.

A Rafaela está precisando de DOADOR DE SANGUE e, posteriormente, de MEDULA.

Precisamos da maior quantidade de gente possível!
Para doar, é só chegar no hospital Santa Casa de São Paulo, onde ela está internada e falar o nome dela (Rafaela Rodrigues da Silva).

Contamos com a compreensão e colaboração de todos!

 

Informações Importantes:

*Santa Casa de São Paulo: R. Dr. Cesário Mota Júnior, 112 – Vila Buarque, São Paulo – SP

Como chegar: De metro descer na estação Santa Cecília(Linha Vermelha)

*Hemocentro da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo

Como chegar:  Rua Marquês de Itu, nº 579, Bairro Vila Buarque (próximo à Estação Santa Cecília do Metrô) – São Paulo/SP.

*Para doar Sangue:

-Gozar de boa saúde (avaliação médica no Hemocentro);
-Estar alimentado,
-Não estar em uso de medicamentos;
-Ter entre 16 a 69 anos de idade (16 e 17 anos, mediante consentimento formal do responsável legal).
-Pesar acima de 50 quilos e ter IMC maior ou igual a 18,5 (descontar o vestuário);
-Apresentar documento oficial com foto, em bom estado de conservação e dentro do prazo de validade. Os documentos aceitos são: carteira de identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira nacional de habilitação, passaporte, carteira profissional emitida por classe ou carteira do doador da FHB. Em caso de cópias de documentos, estes deverão estar autenticados em cartório. Não serão aceitos crachás funcionais e carteiras estudantis;
-Ter dormido pelo menos 06 horas, com qualidade, na noite anterior à doação,
-Não praticar exercícios físicos nas 12 horas anteriores à doação;
-Não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à doação;
-Não ter se submetido à endoscopia há 6 meses;
-Não ter feito tatuagem, piercing ou maquiagem definitiva há 12 meses;
-Evitar fumar 02 horas antes da doação.
-O candidato à doação deve ser sincero ao responder as perguntas que lhes são feitas, não omitindo informações importantes, pois disso depende a segurança do doador e do receptor.