Lenda viva das bandas dará nome ao Paulistão 2018

0
521

Em busca de homenagear grandes nomes que já se foram e, também, as lendas vivas do segmento das bandas e fanfarras, a Federação de Fanfarras e Bandas do Estado de São Paulo (Ffabesp) anunciou, durante a última semana, que a sua principal competição no calendário de 2018 será denominada de Campeonato Estadual de Fanfarras e Bandas Professor Milton Pereira Lelis – Chocolate.

De acordo com o presidente da entidade, Alexandre Silva Pinto, a medida tem como objetivo enaltecer e reconhecer todos os serviços prestados em prol da música e da sociedade pelo maestro. No ano passado, por exemplo, o campeonato recebeu o nome do maestro Antônio Domingos Sacco (in memorian), que faleceu algum tempo antes do concurso. A sua família, na ocasião, recebeu as devidas homenagens.

“Neste ano, com a graça de Deus o Chocolate será homenageado em vida. O Chocolate foi e é referência no meio, onde passou por diversas Corporações, sempre deixando sua marca, como ocorreu no Colégio Paralelo, Jardim São Paulo, Municipal de Mairiporã, Marilac, Banda do Colégio João XXIII, dentre outras. Sua importância se deu também na formação e direcionamento de grandes nomes que hoje ainda estão na ativa como Eduardo Stella e Marquinhos, do Noé Azevedo, dentre tantos outros”, afirmou André, em entrevista exclusiva ao Portal Casa das Fanfarras.

“Com isso, a Ffabesp espera mostrar aos nossos jovens as referências e figuras que são verdadeiros pilares, que tanto fizeram e fazem pelo movimento de Bandas e Fanfarras”, finaliza.

Chocolate

Militar reformado e Regente de bandas e fanfarras, iniciou a sua carreira com fanfarra em 1960. Ganhou a Batuta de Ouro no Rio de Janeiro, como o melhor regente. Ganhou 10 Medalhas Cívicas da Juventude, outorgadas pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Na sua carreira, teve, sob sua regência, 50 corporações musicais.