PR – Projeto abre inscrições para aulas gratuitas de instrumentos musicais e dança em Maringá

0
72

O projeto Som da Banda oferece cursos de formação gratuitos a crianças e adolescentes desde 2013 em Maringá. Mais de 2 mil alunos já passaram pelo projeto. As aulas são de instrumentos da música clássica e orquestral e também de dança, desenho coreográfico e balizas.

Foram abertas mais de 170 vagas em vários cursos. Para participar não é necessário ter o instrumento, como explica o coordenador artístico do projeto e maestro, Graziani Moraes. “O projeto Som da Banda, é um projeto que visa oportunizar para jovens, crianças e adolescentes de Maringá e da Região Metropolitana, acesso a aulas gratuitas de música e dança. Sendo música, instrumentos da família dos metais, e sopros da família dos metais. Que são os trompetes, trombones, trompas, tubas, eufônio, e percussão. Sendo Percussão erudita, aquela que é utilizada em orquestras. Percussão popular e rudimentar. A rudimentar é uma percussão que é utilizada […], em desfiles para deslocamento do grupo em avenidas”, declara Moraes.

“Nós Temos as aulas também de dança. Onde compreendemos ensino de balizas, onde utilizamos muito mais o trabalho com a ginástica rítmica. Temos o corpo coreográfico, que é formado por alunos que se interessam por dança, em geral. Mas também, é direcionado para bandas e fanfarras. Existe uma certa marcialidade exigida para competições, pois também participamos e competições. E estamos abrindo vagas também para um trabalho de dança geral, que é para trazer uma qualificação, um melhor desenvolvimento da parte estética tanto das balizas, quanto do corpo coreográfico”, diz.

“Para atender as crianças e os mais novinhos, na área de música, que é dos 6 a 9 anos. Estamos abrindo vagas de musicalização. Temos mais de 170 vagas abertas para os nossos alunos, Quem pode participar?. É toda a comunidade, toda a população de Maringá e Região Metropolitana de Maringá. Que tenha interesse em se desenvolver na área artística, na música e na dança. Para crianças e adolescentes temos uma exigência, é necessário estar estudando no ensino regular, estar na escola. […]. Não precisa ter instrumentos musicais, ou equipamentos de dança para fazer parte. Nós oferecemos isso tudo, para quem ter interesse em aprender música e dança”, complementa.

A iniciativa é direcionada a crianças e adolescentes até 17 anos. As inscrições seguem até dia 4 de março, presencialmente no Colégio Estadual João de Faria Pioli. “De segunda, quarta e sexta das 18h até as 20h da noite, é o horário de atendimento. E aos sábados das 09h às 12h”, conclui.