O meio musical (que engloba bandas e fanfarras também) já sente os efeitos do CoronaVirus.

O CONFABANIT, evento que seria realizado no Rio de Janeiro, foi cancelado.

Até o momento, nenhuma entidade estadual, a CNBF (Confederação Nacional de Bandas e Fanfarras) e a LBF (Liga Brasileira de Bandas e Fanfarras) se pronunciou sobre o COD-19.

A organização de um dos maiores eventos de música do mundo, o Ultra Music Festival, cancelou as apresentações que ocorreriam nos dias 20, 21 e 22 de março. O motivo de tal cancelamento prévio foi o avanço do coronavírus nos Estados Unidos, que já contam com 11 mortos pela infecção. Apesar de um apelo crescente da cidade para que o festival seja apenas adiado, outros eventos grandes já declararam que não faram suas edições desse ano devido ao surto.

Tomorrowland Winter, um dos maiores eventos de música eletrônica do planeta, cancelou suas apresentações de maneira inesperada, em comunicado, a organização do evento diz que está seguindo as medidas solicitadas pela OMS, e outros estão seguindo a mesma recomendação. Um desses foi o SXSW, que foi pressionado por 20 mil pessoas para ser cancelado por conta do surto.

Entre as organizações mais conhecidas, o que realmente está gerando preocupação são os eventos Coachella Valley Music and Arts FestivalGlastonbury Festival e Lollapalooza Brasil. Dois desses são eventos do exterior, sendo o Coachella dos Estados Unidos, e o Glastonbury da Inglaterra, porém, tanto a epidemia já está atingindo a cidade de Coachella, onde ocorre o evento, e a Inglaterra já tem nove casos confirmados do novo coronavírus.

Já o Lollapalooza Brasil, edição brasileira do evento mundialmente realizado, está sendo especulado que diversos artistas estão cogitando em cancelar suas apresentações devido a velocidade de casos suspeitos que estão aparecendo na cidade de São Paulo, que vai sediar o festival. A edição chilena do Lolla está sob alerta do governo, Andrés Celis, integrante da Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados do Chile, informou que é possível que o festival seja cancelado, e que a pauta está em discussão desde o primeiro caso do Covid-19 no país.

As formas de se proteger do contágio do coronavírus, além do uso de máscaras, são: Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com sabão ou álcool em gel, evitar tocar mucosas dos olhos, nariz e boca, manter o ambiente regularmente limpo e ventilado. Os sintomas do Covid-19 são: Febre, dificuldade de respirar, tosse, e em casos mais graves aparece a síndrome respiratória aguda grave e insuficiência renal. Apesar da alta taxa de contaminação, o vírus só causou fatalidades em pessoas com idade avançada e baixa imunidade.