Como foi o Estadual Mineiro – FFABEMG – Ibiraci

0
247

Depois de dois anos de negociações, a Prefeitura de Ibiraci, através da Diretoria de Cultura, Turismo e Patrimônio Histórico obteve sucesso e realizou na cidade de mais um evento cultural de primeira linha: Campeonato Mineiro de Fanfarras e Bandas da Federação de Fanfarras e Bandas do Estado de MG.

O evento é um campeonato estadual que reúne fanfarras e bandas de todo o Estado, algumas delas de alta qualidade e com participações marcantes e campeonatos em todo o Brasil.

Segundo André Dutra, “estamos a dois anos negociando para Ibiraci sediar esse evento e, felizmente, com total apoio do Prefeito Tonin Garcia, finalmente obtivemos sucesso”.

Assim, na etapa de Ibiraci, que aconteceu no dia 21 de setembro, às 14h, na Praça Derval Ramos Filho, do CIEL, a FFABEMG trouxe à cidade 15 corporações do Estado de Minas Gerais e mais duas apresentações super especiais: com a FACMOL, de Pereira Barreto, uma das mais tradicionais em todo o País e a Banda Musical da Polícia Militar de Minas Gerais.

HISTÓRIA DA CIDADE

A cartografia mais antiga, que detalha o que hoje é a região do município de Ibiraci, foi produzida a partir de 1748 com a criação da Capitania de Goyaz, separando-a da de São Paulo pelo Rio Grande e da de Minas Geraes pelo Desemboque ( “lugar onde o rio desemboca entre serras”). Neste ponto único em todo o percurso do rio, este se estreitava numa pequena garganta com pouco mais de quinze metros e a partir daí percorria cerca de 10 léguas entre paredões rochosos com 300 ms de altura.  Este lugar tornou-se uma referência segura para todas as expedições que abriam as “picadas militares” quase sempre sobre as trilhas indígenas que teciam uma rede de comunicação no entorno da bacia do rio Grande, oferecendo à esta época possibilidades de exploração dos garimpos goianos, dos novos descobertos do Desemboque e de descaminho e fuga das rotas dos registros da região. Importante lembrar que nesta época o atual Desemboque (distrito de Sacramento), chamava-se Julgado de Nossa Senhora do Desterro das Cabeceiras do Rio das Abelhas, só aparecendo na cartografia como Desemboque na virada do século XIX. 

Mapa que mostra o Desemboque como o último povoado paulista, na extremidade da Capitania de São Paulo com a de Goiás (conforme legenda 15) 
(Mapa dos caminhos a partir de São Paulo, para Minas Gerais e Goyaz. 1780 – Inst.Est.Brasileiros – USP)
A DIRETORIA DA FFABEMG DIZ:

” SHOW O CAMPEONATO MINEIRO CADA ANO APRIMORANDO MAIS OS CONCURSO !
AGRADECIMENTOS. Prefeito Tonin Garcia,o diretor André Dutra, a toda a diretoria da federação,avaliadores, Grupo PlanetaBandas e todas as corporações que abrilhantaram o evento!! ” 

“Com esse evento incentivamos nossos jovens a apreender música”, disse André Dutra.

FOTOS – EM NOSSAS MÍDIAS SOCIAIS

ASSISTA A GRAVAÇÃO FEITA AO VIVO AQUI

Parte 1Parte 2

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here