Um saxofone roubado em 2015, em Brasília, retornou às mãos do dono nesta quinta, 30, cinco anos depois, num ato de honestidade de um homem que não tinha qualquer relação com a história.

O saxofone barítono – um novo custa quase 40 mil reais – foi levado por assaltantes, junto com outros instrumentos do Projeto Música e Cidadania,  fundado em 2007 pelo maestro Valdécio Fonseca, de 55 anos.

Tanto tempo depois, o maestro nem tinha mais esperança de recuperar o saxofone, até que o telefone tocou no início do ano.

“Do outro lado, uma voz feminina pergunta: esse celular ainda é do Projeto social que teve os instrumentos roubados?”, contou ao SóNotíciaBoa Cláudia de Barros, mulher do músico e produtora executiva do projeto.

Era Adriana Martins na linha. A mulher revelou que ela e o marido, Welligton Pereira, estavam com o saxofone barítono que foi furtado do Projeto Musica e Cidadania em novembro de 2015 e contou uma longa história.

A história

Welligton e sua família moravam na Bahia. Os pais e irmãos dele em Brasília.

Em 2017 o irmão dele comprou o saxofone para presenteá-lo, mas como eles estavam sem dinheiro para viajar para Brasília, ficaram esperando uma oportunidade para entregar.

Mas o irmão dele faleceu e quando vieram para o velório, o pai dele entregou o saxofone.

O casal voltou para a Bahia e o instrumento musical ficou guardado até que em dezembro, quando Welligton resolveu vender o saxofone barítono e comprar um tenor, que era o que ele queria tocar.

A descoberta

Eles não tinham ideia do valor do instrumento e Adriana resolveu fez uma pesquisa na internet. Ela colocou o modelo do saxofone, o número de série dele e teve uma surpresa.

Apareceu uma reportagem contando sobre o furto do saxofone com fotos de todos os instrumentos, números de série e o contato.

Honestidade

“Pessoas de boa índole, coração puro e de muita fé, Welligton e Adriana não pensaram duas vezes: ligaram para o celular de contato e contaram toda a história”, disse Cláudia de Barros.

Depois da conversa telefônica, o casal, que mora no estado de Tocantins, viajou para Brasília e nesta quinta, 30, entregou o saxofone barítono ao Fundador do Projeto Música e Cidadania maestro Valdécio Fonseca.

O encontro foi emocionante e os músicos do projeto tiveram oportunidade de agradecer aos novos amigos.

“Nossa gratidão eterna a esse maravilhoso casal pela sua honestidade e por renovar nossa fé na humanidade!”, agradeceu Cláudia.

O projeto

O Projeto Música e Cidadania, funciona no Paranoá, a 15 km de Brasília e atende gratuitamente a crianças e jovens da região no ensino de música.

Depois da entrega, Claudia e Valdécio voltaram a ter esperança de reencontrar os outros instrumentos roubados:

  • Saxofone Alto – Yamaha YAS 23 – Nº Série J89147 – Instrumento dourado com chaves prateadas (Case de Madeira escrito SXA 02)
  • Trombone de Vara Tenor – Yamaha YSL 354 – Nº Série 514089 Instrumento dourado com vara prateada (Case de Plástico escrito TBN 01)
  • Trombone Baixo – Yamaha YBL 421 G – Nº Série 521312 Instrumento dourado com vara prateada (Case de Madeira escrito TBX 01)
  • Bolsa de formato Retangular contendo vários instrumentos de Percussão Pequena de Diversas Marcas (Agogô, Afoxé, Vários Chocalhos, Carrilhão, Triângulo, Bloco Sonoro, etc…)

Se você encontrar algum deles, pode entrar em contato com o casal pela página do Projeto Música e Cidadania, no Instagram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here